Secretário Especial da Cultura, Mário Frias; ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque; primeira-dama, Michele Bolsonaro e o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, durante entrega das doações. Crédito: Roberto Castro/MTur

Os ministros do Turismo, Marcelo Álvaro
Antônio, e o de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e o secretário
Especial da Cultura, Mário Frias, entregaram nesta segunda-feira (29.06)
à primeira-dama, Michelle Bolsonaro, doações de sandálias e cobertores
para moradores em situação de rua. A ação faz parte da Campanha “Seja
Solidário”, uma das frentes de atuação do Programa Nacional de Incentivo
ao Voluntariado (Pátria Voluntária), liderado por Michelle. Ao todo,
foram arrecadados 316 cobertores e 144 pares de sandálias que serão
direcionados a pessoas que vivem em abrigo provisório de Ceilândia (DF).

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro
Antônio, destacou a importância da iniciativa em favor daqueles que mais
necessitam. “Parabéns para a primeira-dama pela iniciativa e aos nossos
colegas de trabalho pelo engajamento. Ações como esta mostram a
compaixão ao próximo e a solidariedade dos nossos servidores e
colaboradores. Tenho certeza que nosso esforço será transformado em
muitos sorrisos e conforto para quem realmente precisa”, declarou.

A primeira-dama, Michelle Bolsonaro,
agradeceu as doações dos trabalhadores dos ministérios do Turismo e de
Minas e Energia e ressaltou o poder da união para beneficiar o próximo.
“Essa doação é muito importante e vai ajudar muita gente. Foi algo muito
rápido, começamos na semana passada, e é emocionante saber que podemos
contar com vocês. Queremos continuar com essa campanha porque sabemos
que esse momento difícil vai passar e que vamos sair muito mais
fortalecidos”.

A campanha “Seja Solidário” faz parte de
uma das frentes de atuação do Pátria Voluntária, que está comprometido
em sua missão em prol da dignidade humana, com olhar diferenciado para
os grupos de maior risco. Entre os objetivos do projeto está o de
estimular o engajamento da população em ações humanitárias e ressaltar
os impactos positivos dessas iniciativas na sociedade. De acordo com
dados da Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílios Contínua (Pnad), do
IBGE, 7,2 milhões de pessoas no Brasil realizaram trabalho voluntário
em 2018. 

Edição: Rafael Brais

Assessoria de Comunicação
Secretaria Especial da Cultura


Fonte: Cultura