Concurso vai premiar 45 histórias de filmes e séries. Crédito: divulgacao/Projeto Cinemaneiro

Roteiristas estreantes de todo o país terão a chance de conquistar visibilidade e se qualificar para atuar no mercado audiovisual. A Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) lançou nesta quarta-feira (01.07) o edital do Concurso Novos Roteiros Originais – Edição Brasil, que vai premiar um total de 45 histórias de filmes de longa e curta metragem e séries que ainda não tenham sido filmados ou exibidos profissionalmente. (Acesse aqui o edital)

A seleção, organizada em parceria junto à
Secretaria do Audiovisual (SAv), órgão da Secretaria Especial da
Cultura do Ministério do Turismo, e o Instituto de Conteúdos
Audiovisuais Brasileiros (ICAB), é aberta a pessoas físicas maiores de
18 anos de idade. Os vencedores receberão uma ajuda financeira de até R$
15 mil, conforme a categoria, de forma a proporcionar o aperfeiçoamento
e a adaptação dos trabalhos com vistas à possível produção das obras.

“O objetivo é revelar novos talentos que
nunca tiveram a chance de ver seu roteiro produzido e apresentado em
festivais, além de fomentar o mercado audiovisual brasileiro com novas
ideias, contribuindo para a democratização do setor”, explica o chefe da
representação da OEI no Brasil, Raphael Callou. Os selecionados vão ser
treinados por Script Doctors (profissionais que aperfeiçoam roteiros),
além de participar de conferências com grandes roteiristas.

O ICAB promoverá, ainda, um encontro dos
45 vencedores junto aos principais players do mercado, como canais e
plataformas de conteúdos em operação no Brasil, emissoras de televisão
aberta e fechada, produtoras e distribuidoras, visando à aproximação dos
novos roteiristas com o ramo audiovisual. As inscrições, totalmente
gratuitas, seguem até 31 de agosto deste ano, e a escolha dos roteiros
caberá a uma comissão formada por, no mínimo, dois especialistas.

Serão aceitos apenas roteiros em Língua Portuguesa, e a organização rejeitará trabalhos adaptados de outras fontes ou formatos, como livros, peças de teatro, músicas, novelas e histórias em quadrinhos, mesmo que autorizados pelo detentor dos direitos. Os resultados da seleção vão ser publicados nos sites do ICAB, da OEI e da SAv, e a entrega dos prêmios ocorrerá em solenidade a ser definida posteriormente. Mais informações no site do concurso (Acesse aqui).

APOIO – O concurso é
financiado pela OEI, por meio do Programa de Fortalecimento do Processo
de Divulgação e Internacionalização da Produção Audiovisual Brasileira
na Ibero-América, criado em 2018 com o objetivo de lançar iniciativas
inovadoras no setor. A entidade sustenta que o fomento à cultura, além
de potencializar o diálogo e a convivência democrática, contribui para o
desenvolvimento de arranjos econômicos criativos locais.

Edição: Rafael Brais

Assessoria de Comunicação
Secretaria Especial da Cultura


Fonte: Cultura