A Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo publicou, nesta quarta-feira (11.11), o resultado definitivo das Organizações da Sociedade Civil classificadas para executar a programação cultural da Biblioteca Demonstrativa do Brasil (BDB). A Companhia Voar para Infância e Juventude obteve a maior pontuação e foi convocada para formalização do Termo de Colaboração, por meio da Plataforma +Brasil. A instituição deve executar a programação cultural da instituição.

Lançado em agosto deste ano, o edital prevê um orçamento de R$ 1,2 milhão para o desenvolvimento de atividades e eventos alusivos aos 50 anos da instituição, comemorado no próximo mês.

CONCORRÊNCIA – O termo de colaboração envolve a execução de uma agenda cultural a ser promovida no local por um período de 15 meses. Entre as atividades previstas estão: espetáculos de dança, teatro, música e exposições; atividades pedagógicas, como ações literárias, oficinas e cursos; e atividades de promoção da economia criativa e do empreendedorismo cultural, como oficinas de empreendedorismo, fotografia, artesanato, games e aplicativos.

A organização selecionada será responsável pela contratação de toda equipe técnica, administrativa, logística, produção, curadoria, palestrantes, instrutores, artistas e grupos, dentre outros, e pela articulação, divulgação e difusão das ações. As atividades serão realizadas nas dependências da Biblioteca Demonstrativa do Brasil Maria da Conceição Moreira Salles, localizada em Brasília (DF) e deverão ser transmitidas ao vivo, bem como ficarem disponíveis, nas redes sociais e plataformas digitais da BDB.

Acesse aqui o resultado do edital nº 001/2020 – Programação Cultural BDB e demais documentos do certame.

A BIBLIOTECA – Desde a sua criação, em 1970, a Biblioteca Demonstrativa do Brasil se caracterizou como uma instituição inovadora, referência para bibliotecas públicas conveniadas. A unidade avançou em serviços culturais e informacionais, levando a música, o teatro e o cinema para além dos livros, em espetáculos gratuitos à população.


Fonte: Cultura