Vitor Manuel Pires de Aguiar e Silva é o vencedor do Prêmio Camões 2020. Ele é um escritor, poeta e professor português. Nasceu em Freguesia de Real no ano de 1939, se formou em Letras pela Universidade de Coimbra e foi professor na mesma Universidade. Fez especialização em Filologia Românica e doutorado em Literatura Portuguesa. Durante doze anos foi reitor da Universidade do Minho, participou da proposta de criação do Instituto Camões, coordenou a Comissão Nacional de Língua Portuguesa (CNALP), tendo sido membro do Conselho Nacional de Cultura. Dos seus vastos trabalhos publicados, destaca-se “Teoria da Literatura” (1967), “A estrutura do romance” (1974), “Teoria e Metodologia Literárias” (1990), “Camões”: Labirintos e Fascínios”(1994). O nome do ganhador foi decidido nesta terça-feira, dia 27/10 em reunião da Comissão Julgadora que aconteceu alternadamente em Portugal e no Brasil. O Prêmio Luís de Camões é o maior prêmio literário do país e tem como objetivo consagrar anualmente, um autor de língua portuguesa que tenha contribuído para o enriquecimento do patrimônio literário e cultural da língua comum.


Fonte: Cultura