Alexandre Capilé (Sugar Kane/Water Rats) e Caíque Fermentão (Corona Kings/Devilish) somam forças desde o ano passado no projeto Ator Morto, que acaba de lançar o disco de estreia Amor Torto.

Já com um EP (Caos) e vários shows na bagagem apesar do pouco tempo de banda, os caras se juntaram a Jairo Fajer (Autoramas) e Pedro Lipatin (Doris Encrenqueira) para a gravação das 10 faixas que compõem o disco.

Segundo Capilé, a banda teria surgido de um escape para uma depressão que teve e, por isso, ‘as letras abordam questões existenciais, a dor e alegria de viver, o amor e seus desfechos’; tudo isso ao som de uma bela mistura de rock ácido e garage pop.

Além disso, o álbum conta ainda com diversas participações que ajudam a embelezar a obra. A vocalista Juliana Strassacapa (Francisco, El Hombre) aparece na bela e sincera ‘Quem Sou’, além de harmonizar com a voz principal de Caíque em ‘Me Tira Daqui’.

Quem também está aí é João Lemos (Molho Negro), bem multitarefa. Ele toca sintetizadores na nervosa ‘Dopamina’ e faz um solo de guitarra na reflexiva ‘Viciado’. Mais ainda, Pedro Pelotas (Cachorro Grande) aparece em ‘Viciado’ e ‘Autonomia’, e Vini Zampieri (Sugar Kane) em ‘Tudo Natural’, além de ter contribuído com a letra de ‘Migous’ juntamente com Chuck Hipolitho.
Ouça Ator Morto
Como o próprio Capilé define, ‘‘Amor Torto’ é uma ferida aberta que mostra intimamente quem somos e o que pensamos”. A sonoridade do disco reflete essa intimidade e, no player logo abaixo, você já pode conferir Amor Torto na íntegra!


Fonte: r7 Music