<div class=”media_box full-dimensions660x360″>

<div class=”edges”>
<img class=”croppable” src=”https://img.r7.com/images/vagalume-03122019174344995?dimensions=660×360″ title=”Vagalume” alt=”Vagalume” />
<div class=”gallery_link”>
</div>

</div>
<div class=”content_image”>
<span class=”legend_box “>Vagalume</span>
<span class=”credit_box “>Vagalume</span>
</div>
</div>

<p><a href=”https://www.vagalume.com.br/anitta/”>Anitta</a> gravou um vídeo falando sobre o violento episódio que aconteceu em um baile funk no bairro de Paraisópolis, em São Paulo. Uma ação da Polícia Militar acabou em tragédia com nove pessoas mortas e 12 feridos.<br><br>
Enquanto parentes de vítimas alegam que a ação da polícia foi uma “emboscada” para as pessoas que estavam no baile, as autoridades explicam que a ação violenta aconteceu pois perseguiam dois criminosos. O episódio ganhou grande atenção em todo o país e a cantora <a href=”https://www.vagalume.com.br/anitta/”>Anitta</a> gravou um vídeo falando sobre a tragédia na favela.<br><br>
“A única coisa que consigo pensar é que se fosse uns anos atrás poderia ter sido eu, minha mãe e meu irmão uma dessas pessoas (vítimas da ação da polícia)”, comentou a cantora.<br><br>
Anitta lembrou que fazia apresentações em favelas quando começou a sua carreira. “Uma das coisas que a gente mais fazia, quando eu estava começando a cantar, era cantar em baile de favela, festa de favela. Poderia ter sido um de nós. Sem palavras”.<br><br>
A cantora também fez críticas à ação da polícia. “O fato de ser uma festa com presença de drogas ilícitas e com presença de criminosos não justifica o fato de você sair entrando e atirando”.<br><br>
Veja o vídeo de Anitta:<br><br><a href=”https://www.vagalume.com.br/news/2019/12/03/anitta-fala-sobre-mortes-em-baile-funk-em-paraisopolis-alguns-anos-atras-poderia-ser-eu.html”>Clique para ver no Vagalume</a><br><br>Fonte: <a href=”https://www.vagalume.com.br/news/2019/12/03/anitta-fala-sobre-mortes-em-baile-funk-em-paraisopolis-alguns-anos-atras-poderia-ser-eu.html”>Vagalume</a></p>
Fonte: r7 Music