<a href=”http://www.tenhomaisdiscosqueamigos.com/2019/12/28/steven-adler-drogas-demissao-guns/”><div class=”media_box full-dimensions660x360″>

<div class=”edges”>
<img class=”croppable” src=”https://img.r7.com/images/steven-adler-em-2010-28122019155315546?dimensions=660×360″ title=”Steven Adler em 2010″ alt=”Steven Adler em 2010″ />
<div class=”gallery_link”>
</div>

</div>
<div class=”content_image”>
<span class=”legend_box “>Steven Adler em 2010</span>
<span class=”credit_box “>Tenho Mais Discos Que Amigos</span>
</div>
</div>

</a><a href=”https://www.shutterstock.com/pt/image-photo/janesville-wi-july-16-steven-adler-57449407?src=D0zOmPjRQ40pMRwdV47q9A-1-0″ target=”_blank”>Foto de Steven Adler</a> via Shutterstock <strong>Steven Adler</strong> sempre falou abertamente sobre seu problema com o vício em drogas e sabemos que não é nenhuma novidade o fato de que foi justamente por isso que o<strong> Guns N’ Roses</strong> optou por trocar de baterista.

No entanto, em <a href=”https://soundcloud.com/hallpass-lazer1033/andy-hall-interviews-steven-adler” target=”_blank”>recente entrevista</a> para a rádio americana <em><a href=”https://lazer1033.com/” target=”_blank”>Lazer 103.3</a></em>, Steven desabafou e revelou ter ficado com o coração profundamente partido ao ser demitido da banda em 1990. O músico, que na época tinha apenas 25 anos, disse que estava na luta para se livrar de vez da heroína quando recebeu a notícia e acabou por se afundar novamente nas drogas, com força total:
<em>Eu poderia ter melhorado, e era o que estava fazendo antes deles fazerem isso [me demitirem]. Eu poderia melhorar ou ultrapassar o limite – existem dois caminhos para ir: para cima ou para baixo. E eu afundei. Foi devastador. Foi demais – ansiedade e depressão esmagadoras por ter sido jogado fora daquele jeito. E eu ainda tive que processá-los, porque pegaram todo meu dinheiro e meus royalties… Isso foi ainda mais difícil.</em>
Adler conta ainda que sempre teve que lidar com situações de abandono, já que seu pai biológico foi embora quando ele ainda era um bebê.
Steven Adler e o Guns N’ Roses
Para nos comover ainda mais, Steven diz que, embora tenha ficado <a href=”http://www.tenhomaisdiscosqueamigos.com/2016/07/11/felizao-steven-adler-realiza-seu-sonho-e-toca-com-o-guns-n-roses-novamente/” target=”_blank”>feliz por ter sido chamado pelo Guns</a> para participar de vários shows da turnê <em>Not in This Lifetime</em>, em 2016, a alegria foi interrompida por uma expectativa frustrada, já que “tinha certeza de que <strong>Axl</strong>, <strong>Slash</strong> e <strong>Duff</strong> pensariam ‘temos que trazer o Steve para tocar com a gente mais vezes’ – mas eles não fizeram isso.”

Também te contamos por aqui sobre<a href=”http://www.tenhomaisdiscosqueamigos.com/2018/02/06/steven-adler-demissao-guns/” target=”_blank”> o momento da demissão de Steven Adler</a> enquanto o GNR estava no processo de gravação de “Civil War” e é triste, de fato.

Felizmente, essas histórias são águas passadas. A boa notícia é que o músico, que completa 55 anos no mês que vem aparece sempre de bom humor nas entrevistas, diz amar a vida e ser grato por ainda estar vivo, apesar de tudo o que passou.

<em><strong>LEIA TAMBÉM: <a href=”http://www.tenhomaisdiscosqueamigos.com/2019/07/04/steven-adler-video-pronunciamento/” target=”_blank”>Steven Adler diz que está ‘vivo e bem’ em pronunciamento</a></strong></em>
Fonte: r7 Music