Shevchenko e Elloco, dupla de destaque do Brega-funk

Shevchenko e Elloco, dupla de destaque do Brega-funk
Divulgação

O ritimo brega-funk extrapolou os limites de Pernambuco e percorreu o restante do país. De acordo com o Spotify, o ritmo cresceu 145% de audiência no aplicativo apenas em 2019. 

O hit Surtada, de Dadá Boladão, Tati Zaqui e OIK, chegou ao topo das músicas mais tocadas, seguindo exemplo do sucesso Envolvimento, de Mc Loma e As Gêmeas Lacração que em 2018 conquistou o Brasil.

O Brasil vive um momento de democratização dos meios de produção em várias áreas culturais, como cinema, animação e música. Com a tecnologia mais gente passou a furar o eixo musical Rio-São Paulo. As produções aumentaram, com isso nascem as possibilidades de novos gêneros.

Mc Loma e As Gêmeas Lacração donas do hit 'Envolvimento'

Mc Loma e As Gêmeas Lacração donas do hit ‘Envolvimento’
Reprodução/Instagram

O Spotify fez um documentário sobre o tema com direção de Felipe Larozza e apresentação do jornalista GG Albuquerque, pesquisador de músicas periféricas. Albuquerque comenta a origem do gênero. “A história do brega-funk é a história da cultura de sobrevivência dos Mcs do Recife. O movimento reuniu elementos de diferentes cenas musicais da periferia do Brasil em uma batida eletrônica original e inovadora. Um som que mudou a identidade e o imaginário cultural de Pernambuco e Nordeste”, disse Albuquerque. 

Assita o documentário: 

Top 10 músicas de brega-funk mais ouvidas

1. Hit Contagiante – Felipe Original, JS o Mão de Ouro, MC Kevin o Chris, Sodré
2. Envolvimento – MC Loma e As Gêmeas Lacração
3. Baile da Colômbia – Remix – DJ 2F, DJ Anderson França, MC Ysa, MK no Beat
4. Paralisa – MC Loma e As Gêmeas Lacração, MC WM
5. Não se apaixona – DJ Cassula, Dj Kelvinho, Jerry Smith, MC Loma e As Gêmeas Lacração
6. Surtada – Remix Brega Funk – Dadá Boladão, OIK, Tati Zaqui
7. Tome na Pepeka – Biel XCamoso, Mc Lucy, Shevchenko e Elloco
8. Treme Treme – MC Loma e As Gêmeas Lacração
9. Combate – Aldair Playboy, MC WM
10. Ninguém Fica Parado – Maneirinho do Recife, Shevchenko e Elloco

*Estagiário do R7, sob supervisão de Thiago Calil


Fonte: r7 Music