Fotos via Wikimedia Commons Hoje Kiko Loureiro está fazendo barulho no Megadeth, mas seu início na música foi bem mais simples e… diferente.

Talvez você já sabia dessa, mas o guitarrista brasileiro começou a carreira como músico profissional na boy band Dominó, lá nos anos 80. Pois é, aquela lá de ‘P da Vida’, ‘Manequim’ e tantos outros sucessos.

Loureiro já comentou sobre essa parte do seu passado em várias entrevistas, incluindo um com Gastão Moreira, mais recente. Ao falar sobre a época, o guitarrista disse ter sido ‘legal pra caramba’ e, apesar de não ser seu estilo de preferência, foi onde aprendeu muita coisa e conseguiu começar a trabalhar em seus projetos — como o Angra.
Afonso Nigro
O assunto voltou à tona por conta de uma aparição recente de Afonson Nigro, ex-integrante da boy band, no Panelaço, programa de João Gordo no YouTube.

Por lá, ele falou sobre como fazia parte do grupo mas era fã de Rock e tocava guitarra, por isso deu a ideia de formar uma banda ao vivo como apoio para o Dominó e ainda chamou o tecladista Fábio Ribeiro (Shaman), o baterista Marco Antunes (Angra) e o baixista Richard Furck.

Confira os vídeos abaixo! No primeiro, Afonso fala sobre o assunto por volta de 13 minutos e no segundo, Kiko comenta por volta dos 21 minutos.


Fonte: r7 Music