A coisa está complicada na China e até o DJ Zedd se meteu na bagunça.

Tem rolado uma confusão muito grande por lá envolvendo censura, e nomes do entretenimento estão se vendo em situações bizarras. Mais recentemente, o seriado South Park – conhecido por sempre estar em polêmicas – foi quem chamou a atenção do país asiático.

Isso tudo aconteceu pois o episódio ‘O Bando na China’ mostrou o personagem Randy Marsh viajando à China. Lá, ele vendia maconha da sua fazenda e acabava preso; na cadeia, testemunhava maus tratos aos prisioneiros. O problema está em quem compunha este último grupo: figuras como o ursinho Pooh e o Leitão, banidos na China após comparações da semelhança do líder Xi Jinping com o primeiro.

Daí, após curtir um Tweet inocente que apenas celebrava o episódio de número 300 da série, o Zedd se viu banido permanentemente da China. Ele mesmo anunciou a punição por meio de seu Twitter:

Censura na China
Os problemas de censura na China foram evidenciados recentemente quando um diretor do Houston Rockets, da NBA, apoiou os protestos de Hong Kong.

Criticando a organização esportiva, que tentou reduzir danos de mercado e acatou a censura, os criadores de South Park deram uma declaração cheia de ironia sobre tudo isso:
Assim como a NBA, nós recebemos de braços abertos os censuradores chineses nas nossas casas e corações. Nós também amamos o dinheiro mais do que a liberdade e a democracia. O Xi não é igualzinho ao Ursinho Pooh, mesmo. Assista o nosso episódio 300 nesta Quarta às 10! Vida longa ao Grande Partido Comunista da China! Que a colheita de sorgo deste outono seja recheada! Estamos bem agora, China?
Confira abaixo a íntegra do comunicado, em inglês.

 
Fonte: r7 Music