Thom Yorke não tem o costume da falar com a mídia sobre sua vida pessoal, mas abriu uma exceção recentemente.

O vocalista do Radiohead foi entrevista recentemente na BBC Radio 4, onde acabou falando sobre o luto após a morte de sua ex-mulher. A fotógrafa Rachel Owen se foi aos 48 anos, em 2016, vítima de um câncer. O casal esteve junto por mais de 20 anos e teve dois filhos, hoje adolescentes.

Ao ser questionado sobre como é sua vida atual com os filhos, que moram com ele, Yorke foi sincero.
Acho que sou mais como um amigo para eles. Não espero ser como a mãe deles, mas estamos bem. Nós damos muito bem. Eu sou provavelmente um pai bastante relaxado, mas eles provavelmente te diriam algo diferente. Temos uma espécie de casa semi-caótica… mas estamos levando. Estou realmente orgulhoso dos dois. Isso me surpreende na maioria dos dias. Não acredito que eles são ‘meus’. Eles são ótimas pessoas… Quando a mãe deles morreu, foi um período muito difícil e passamos por muitas coisas. Foi muito difícil. Ela sofreu muito e minha ambição é garantir que tudo fique bem, e espero que isso esteja acontecendo.
Thom ainda falou sobre sua nova namorada, dizendo que ela é ‘uma luz em cima de tudo’, se mostrando feliz com o relacionamento.
Ela tem me dado bastante força. E, realmente, se estiver tudo bem, quero poder ir ao meu jardim imaginário e continuar mexendo nas minhas ferramentas, e sentir que todos estão bem. Essa é a minha ambição. E se eu ainda for capaz de fazer uma música que expressa tudo isso e ainda é importante para as pessoas. Se ainda consigo assumir riscos e afetar as pessoas, isso é mais do que eu poderia pedir. É muito mais do que eu preciso.
Leia mais da entrevista por aqui.

LEIA TAMBÉM: Thom Yorke e Flea se reúnem na nova ‘Daily Battles’ ouça agora
Fonte: r7 Music