Foto: Divulgação

Um dos pontos turístico-culturais mais importantes de Cabo Frio, no Rio de Janeiro, é o Museu de Arte Religiosa e Tradicional (Mart). Datado de 1686, o lugar que já foi um convento franciscano abriga, atualmente, importantes elementos da arte religiosa dos séculos 17 e 18.

Administrado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), instituição vinculada ao Ministério da Cidadania, o museu possui no acervo dezenas de imagens religiosas e de peças de mobiliário que remontam às atividades do convento. Uma das mais expressivas é o retábulo que fica na capela, como ressalta a diretora da instituição, Carla Renata Antunes de Souza. “O retábulo tem toda uma simbologia religiosa. É uma das peças mais antigas que nós temos por aqui junto com a edificação, do ponto de vista da exemplaridade, originalidade, historicidade, todos os elementos que são importantes na qualificação de um bem cultural”, ressaltou.

O prédio, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) do Ministério da Cidadania, é considerado uma joia da arquitetura religiosa do período colonial, como explica a diretora. “A edificação, em si, é o grande monumento histórico que nós temos deste período colonial brasileiro, um exemplar arquitetônico com todas as características do período. O monumento, em si, a edificação toda, é o grande bem, o grande destaque na paisagem e tudo o que ela significa”, disse Carla.

Para além da estrutura histórica, o museu serve como casa para o desenvolvimento de atividades culturais em Cabo Frio. Exemplo disso é o Coral Despertar: há 10 anos, 40 idosos usam o espaço para ensaios e apresentações. “Estávamos desabrigados, não tínhamos onde cantar, rodando sem ter um local onde pudéssemos ter os nossos ensaios, as nossas atividades. E foi o museu que nos acolheu”, afirmou a presidente do coral, Carmem Luciola Fonseca Dias, de 77 anos.

Durante todo o mês de setembro, o Mart ainda oferece a visita mediada “Museus por dentro, por dentro dos museus”, para escolas previamente agendadas. A programação se insere na Primavera dos Museus, promovida pelo Ibram para que instituições de todo o País explorem aspectos do seu cotidiano museológico. A 13ª edição da Primavera dos Museus acontece, oficialmente, de 23 a 29 de setembro. Confira a programação no site do Instituto Brasileiro de Museus (http://programacao.museus.gov.br/).

O Museu de Arte Religiosa e Tradicional fica no Largo de Santo Antônio e pode ser visitado de terças a sextas, das 10h às 17h. E aos sábados e feriados, das 14h às 18h. Para saber mais sobre os museus administrados pelo Ministério da Cidadania, acesse: museus.gov.br.

Serviço:
Museu de Arte Religiosa e Tradicional
Local: Largo de Santo Antônio, Cabo Frio (RJ)
Visitação: Terças a sextas, das 10h às 17h; sábados e feriados, das 14h às 18h
Agendamento de visitas a escolas: (22) 2646-7340 ou mart@museus.gov.br

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania
Informações para a imprensa:
(61) 2024-2266 / 2412


Fonte: Cultura