Se a saudade de Ric Ocasek já está batendo por aqui, imagina para quem era próximo dele.

O lendário músico, conhecido majoritariamente como vocalista do The Cars, mas dono também de uma prolífica carreira como produtor que inclui trabalhos com bandas como Weezer No Doubt, faleceu no último dia 15 de setembro devido a doenças cardiovasculares.

No dia seguinte ao seu falecimento, a sua família utilizou o Twitter oficial da banda para emitir um comunicado oficial:

Ric estava em casa se recuperando muito bem da cirurgia. Nossos dois filhos, Jonathan e Oliver, e eu estávamos tendo certeza de que ele estava confortável, pedindo comida e assistindo TV juntos. Eu o encontrei ainda dormindo quando levei seu café na manhã de domingo. Eu toquei seu rosto para acordá-lo. Aí eu percebi que durante a noite ele havia pacificamente partido. Nós apreciamos a grande chuva de amor. Nós, sua família e amigos, estamos completamente e intensamente devastados por sua precoce e inesperada morte e apreciaríamos a privacidade para termos nosso luto em particular.

Além disso, poucos minutos depois, os filhos de Ric usaram a conta para expor um último desenho em sua cadeira de descanso.

O Tweet diz:
Dos filhos de Ric: nosso pai era um prolífico rabisqueiro. Seu falecimento foi súbito, inesperado e partiu nossos corações. Ontem, nós encontramos esse último rabisco em sua cadeira. Ele não poderia saber o que isso acabaria significando para nós. Nós o amamos demais.

Como podemos ver na imagem acima, no meio dos rabiscos finais de Ric está a frase ‘Continue rindo. Isto é o que é’.

Já sentimos sua falta, Ric.
Ric Ocasek
O músico e seu The Cars lançaram em 1978 seu primeiro disco, homônimo, que conta com hits como “Just What I Need” e “My Best Friend’s Girl”.

Antes de entrar em um hiato de mais de duas décadas, o grupo ainda lançou outros cinco discos. Em 2011, eles retornaram com Move Like This, o último antes de mais uma pausa.

Além do Cars, Richard Theodore Otcasek também lançou sete discos solo, com o último sendo Nexterday, de 2005.
Fonte: r7 Music