Uma nova gravação de uma conversa entre os Beatles derrubou alguns mitos sobre a banda e fez uma revelação pra lá de bombástica.

Como mostra a NME, o historiador musical Mark Lewisohn deu ao jornal The Guardian acesso a uma fita gravada durante uma reunião da banda há 50 anos. Nela, estavam presentes John Lennon, Paul McCartney e George HarrisonRingo Starr estava fazendo exames, e pediu pela gravação.

Na conversa que aconteceu no QG da Apple, o grupo revela estar planejando mais um disco após Abbey Road (1969). Apesar de Let it Be (1970) ser o último lançado, foi com Abbey Road que os quatros garotos de Liverpool se reuniram pela última vez em um estúdio.

A revelação quebra o mito de que a banda planejou o disco para ser o derradeiro, e também que Lennon seria o grande ‘culpado’ pelo fim. Na conversa, eles ainda decidem a quantidade de canções que cada integrante deveria trazer.

Já pensou?

Tensões e término da banda
Na fita, ainda, Paul McCartney é ouvido criticando as músicas de George Harrison. O músico diz pensar que as composições de Harrison pré-Abbey Road não o agradam muito.

A isso, George responde:

Isso é uma questão de gosto. Ao longo dos anos, muita gente tem gostado das minhas composições.

Neste ano, Abbey Road comemora 50 anos de seu lançamento. O disco foi lançado pelos Beatles em 26 de setembro de 1969.

LEIA TAMBÉM: The Beatles: centenas de fãs recriam capa nos 50 anos de ‘Abbey Road’
Fonte: r7 Music