Pitty ficou conhecida no Brasil todo por conta da sua carreira solo, mas a artista baiana já estava envolvida na música há algum tempo com outros projetos quando estourou.

Ligada ao underground, principalmente ao hardcore, ela participou de bandas como Shes (1998) e Inkoma (1998-2000), e nos últimos dias entrou no túnel do tempo com as colegas Lulu Freitas (baixo), Carol Ribeiro (guitarra) e Lia B (voz/guitarra), da primeira.

Em sua conta oficial no Instagram, Pitty (que era baterista do Shes) publicou uma foto do encontro com as musicistas ao lado de instrumentos musicais, e também uma montagem que mostra uma imagem do quarteto em 1998 e, na mesma posição, 21 anos depois, em 2019.

Você pode ver logo abaixo.

LEIA TAMBÉM: genial – baterista do Slipknot recria foto de quando conheceu a banda na infância

Pitty tocando bateria na banda Shes

Pitty tocando bateria na banda Shes
Tenho Mais Discos Que Amigos

Foto: Arquivo Pessoal


Pitty e Palco Aberto
Vale lembrar que em parceria com a TNT Energy Drink e curadoria do TMDQA!, Pitty está convidando bandas locais para abrir seus shows da turnê Matriz pelo Brasil.

Saiba como participar clicando aqui.

https://www.instagram.com/p/B19K2qbH6F9/
Fonte: r7 Music