Ministro Osmar Terra (centro) em reunião com representantes da Funmissões e AMM. Foto: Clarice Castro/Ministério da Cidadania

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, recebeu nesta terça-feira (27) prefeitos e secretários da região das Missões, no Rio Grande do Sul. Entre os assuntos discutidos está a expectativa de aprovação de recursos do Programa Global de Crédito do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para o Circuito Jesuítico da América Latina.

Acompanhado do secretário especial adjunto da Cultura, José Paulo Soares Martins, Terra conversou com representantes da Associação de Municípios das Missões (AMM) e da Fundação dos Municípios das Missões (Funmissões), instituições que representam 26 cidades da região.

As entidades aguardam a liberação do financiamento de 21 milhões de dólares para o Brasil, atualmente em avaliação no Ministério da Economia. Com o aporte financeiro, será possível realizar investimentos em infraestrutura turística nas missões jesuíticas para, na sequência, criar um roteiro de turismo religioso que vai abranger as Missões no Brasil e também na Argentina, Uruguai, Paraguai e Bolívia.

Além do Ministério da Cidadania, os Ministérios do Turismo e Economia trabalham para viabilizar o Circuito das Missões Jesuíticas. Durante a reunião, o ministro Osmar Terra anunciou que a próximo encontro de ministros da Cultura do Mercosul será realizado no dia 11 de novembro em São Miguel das Missões. Terra é o atual presidente do Mercosul na área cultural.

Também participaram da reunião o prefeito de Santo Antônio das Missões e presidente da AMM/Funmissões, Puranci Barcelos dos Santos; o secretário-executivo do Departamento de Turismo (Detur) da Funmissões, Marcos Mattos; o prefeito de São Nicolau, Ricardo Klein; a chefe da Assessoria Especial de Assuntos Internacionais do Ministério da Cidadania, Carla Carneiro, e representantes da Confederação Nacional de Municípios.

Circuito Jesuítico no Brasil

As ruínas de São Miguel das Missões ficam do lado brasileiro. Elas são remanescentes dos Sete Povos das Missões Jesuíticas e tombadas como patrimônio cultural da humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Também integram o roteiro turístico a Aldeia Guarani, o Museu das Missões, a Cruz Missioneira, a Fazenda da Laje, a Fonte Missioneira, o Ponto de Memória Missioneira e o Pórtico com escrita em guarani – co yvy oguereco yara, que significa “esta terra tem dono”. A Catedral Angelopolitana de Santo Ângelo e os Sítios Arqueológicos de São João Batista, São Lourenço e São Nicolau estão na lista de atrativos do circuito.

Em fevereiro deste ano, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, autorizou o início das obras de requalificação urbanística no entorno do Sítio Histórico de São Miguel das Missões. Na primeira etapa da obra, o investimento é de R$ 3,05 milhões por meio do PAC Cidades Históricas.

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania


Fonte: Cultura